summaryrefslogtreecommitdiff
diff options
context:
space:
mode:
authorkrisman <krisman.gabriel@gmail.com>2013-02-17 23:28:14 -0300
committerkrisman <krisman.gabriel@gmail.com>2013-02-17 23:28:14 -0300
commitf16862837e7b93e3d6be2478cc3abee04b044e6c (patch)
treeea9d983e4320ff6e282f9fe3ed9b5ca7dbc338e8
parent4b8faf7e7b62c1b3b83c57ea7df53a9bc8c4f05a (diff)
sobre GNU e FSF
-rw-r--r--bixos/intro.tex24
-rw-r--r--bixos/shell.tex14
2 files changed, 27 insertions, 11 deletions
diff --git a/bixos/intro.tex b/bixos/intro.tex
index b243cce..d07fdfc 100644
--- a/bixos/intro.tex
+++ b/bixos/intro.tex
@@ -63,15 +63,31 @@
\end{frame}
\begin{frame}{Projeto GNU e a \emph{Free Software Foundation}}
- %% TODO: Falar sobre ...
+ \begin{itemize}
+ \item{Projeto GNU foi criado em 1984 por Richard Stallman.
+ Objetivo: fazer um Sistema Operacional totalmente livre,
+ baseado no UNIX.}
+ \begin{itemize}
+ \item{Acrônimo recursivo: \textbf{G}NU is \textbf{N}ot
+ \textbf{U}NIX.}
+ \item{Muitos softwares já estão prontos (e, em muitos casos,
+ são referências em suas áreas); o kernel é uma exceção...}
+ \end{itemize}
+ \item{\emph{Free Software Foundation} foi fundada em 1985, para
+ oferecer suporte e fomentar o movimento do Software Livre.}
+ \begin{itemize}
+ \item{Responsável por questões de licença, por campanhas para
+ alertar sobre o uso de softwares proprietários, por
+ desenvolver e manter o projeto GNU, dentre outras atividades.}
+ \end{itemize}
+ \end{itemize}
\end{frame}
\begin{frame}{Principais projetos}
%% TODO: Colocar logo e informações dos principais projetos livres?
\end{frame}
-
-\begin{frame}{Porque desenvolver \softwarelivre}
+\begin{frame}{Por que desenvolver \softwarelivre}
%% Lembro que em 2012, o Sergio insistiu bastante em motivações para
%% contribuir: melhorar skill, trabalhar na área, ser foda, etc.
\begin{itemize}
@@ -79,7 +95,7 @@
\item Melhorar a qualidade dos seus códigos.
\item Várias grandes empresas da área, como Red Hat, IBM e Google valorizam
contribuições para a comunidade de \softwarelivre.
- \item Você estará contribuindo para disseminar uma cultura de cooperação, que não
+ \item Você estará contribuindo para fomentar uma cultura de cooperação, que não
preza simplesmente o lucro, mas a disseminação do conhecimento.
\end{itemize}
\end{frame}
diff --git a/bixos/shell.tex b/bixos/shell.tex
index ddd7e04..c92ded7 100644
--- a/bixos/shell.tex
+++ b/bixos/shell.tex
@@ -49,9 +49,9 @@
\begin{frame}{Comandos}
\begin{figure}[h]
\centering
- Os comandos de terminal tem o seguinte formato \newline \\
+ Os comandos de terminal têm o seguinte formato \newline \\
\begin{shell}
- \usercmd{comando [arg1] [arg2]}
+ \usercmd{comando [arg1] [arg2] ...}
\end{shell}
\\
\begin{itemize}
@@ -182,8 +182,8 @@
etc.
\item Para rodar um comando em modo de super-usuário, utilize o comando
\emph{sudo}
- \item Existe também o comando \emph{man}. Ele recebe um programa como
- argumento e exibe o seu manual.
+ \item Existe também o comando \emph{man}. Ele recebe o nome de um programa
+ como argumento e exibe o seu manual.
\item Outra convenção muito útil é implementar textos de ajuda e de versão.
Muitos programas implementam isso.
\item O comando \emph{apropos [termo]} pesquisa uma palavra-chave nos arquivos
@@ -191,9 +191,9 @@
\end{itemize}
\begin{center}
\begin{shell}
- \usercmd{ firefox -{}-help}\\
- \usercmd{ firefox -{}-version}\\
- \usercmd{ man firefox }\\
+ \usercmd{ ls -{}-help}\\
+ \usercmd{ ls -{}-version}\\
+ \usercmd{ man ls }\\
\usercmd{ apropos browser}
\end{shell}
\end{center}